MONOGRAFIA x DISSERTAÇÃO x TESE

Dentre tantos trabalhos monográficos que estudam um tema específico, abordaremos aqueles exigidos para obtenção de graus: monografias, dissertações (ou tese de mestrado) e teses (ou tese de doutorado).

O que distingue os tipos de trabalhos monográficos, listados anteriormente, é o nível de investigação científica ou o tratamento aprofundado que cada um faz de um tema bem delimitado.

Monografias

Etimologicamente, o termo monografia vem do grego mónos (um só) graphein (escrever). A palavra monografia significa, portanto, um estudo por escrito de um só tema, bem delimitado, estudado exaustivamente.

De modo geral, a monografia deve apresentar como característica a originalidade, não no sentido de novidade ou singularidade, mas no sentido de tratar um tema atual ou relevante que mereça ser investigado cientificamente.

Outra característica que deve ser considerada é a reflexão. Sem reflexão o trabalho monográfico se transforma em simples compilação de obras de autores sobre o tema estudado. Este aspecto é fundamental na elaboração e na comunicação do trabalho.

A monografia, como todo trabalho científico escrito, deve apresentar simplicidade, clareza e objetividade evitando-se, em sua redação, floreios literários, descrições desnecessárias, preservando as características de coerência e consistência no que se refere ao tema estudado.

O trabalho, propriamente dito, inicia-se a partir da definição do problema a ser tratado. E, como todo trabalho científico, a elaboração de uma monografia exige a utilização de metodologia específica que vai orientar tanto a coleta de dados quanto a elaboração do trabalho.

Dissertações

Uma dissertação de mestrado, condição exigida para obtenção do grau de “mestre”, de acordo com o Conselho Federal de Educação, possui uma originalidade e um aprofundamento maiores em se tratando das questões abordadas no trabalho científico, quando comparada com a monografia.

Características tais como consistência lógica, simplicidade, relevância, apoio teórico, especificidade, clareza (possibilidade de entendimento do que se propõe) e originalidade (uma hipótese não deve ser formulada sobre as já existentes) devem nortear uma dissertação.

Teses

Uma tese refere-se ao estudo de uma hipótese formulada com originalidade e de real contribuição para a comunidade científica.

Além de apresentar todas as características (enquanto pesquisa científica) presentes em uma monografia e em uma dissertação, uma tese de doutorado destaca-se quanto ao aspecto profundidade. Ou seja, o tema é investigado e delimitado com hipóteses mais específicas e, conseqüentemente, mais fortes e mais informativas.

Quer facilitar sua vida?

Gostou deste Post ? E agora que você aprendeu isso, o que achou? Deixe seu comentário!

Tipos de Pesquisa Científica
Tags:         

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat